Motim por ser um supergrupo de Ska não tão secreto: Podcast

Ouça através de: Podcasts da Apple | Spotify | Amazon Música | Mais plataformas

No episódio desta semana de Em defesa de Ska, membros do supergrupo de ska Mutiny – Efrem Schulz (Death by Stereo, Voodoo Glow Skulls), Chris Ruckus (Dissidente) e Mike Cambra (Death by Stereo, Adolescents) – discutem o projeto e sua conexão com suas outras bandas. Ouça acima ou onde quer que você obtenha seus podcasts.

Vamos deixar uma coisa bem clara: o ska precisa de mais supergrupos. Além de Rude Girl Revue e Kilograms, eles são surpreendentemente difíceis de encontrar. Felizmente, Mutiny está aqui para remediar isso! A banda de sete integrantes é formada por membros de Death by Stereo, Voodoo Glow Skulls, Dissidente, Manic Hispanic e Adolescents, e suas músicas contam com convidados de ainda mais bandas.

O grupo lançou seu primeiro EP autointitulado pela SPI Records em fevereiro, apesar de ainda não terem estado todos na mesma sala ao mesmo tempo. Mas reunimos três dos membros no Em defesa de Ska para falar sobre o projeto e sua ligação com todas as outras bandas relacionadas.

Além de informar aos ouvintes tudo o que há para saber sobre Mutiny e seus planos futuros para o Supernova International Ska Festival, Schulz, Ruckus e Cambra exploram vários aspectos do estado atual de seus outros projetos. Schulz oferece uma correção ao seu colega de banda e ex-convidado Ian Fowles sobre a história do Death by Stereo e provoca as novas canções de ska do Manic Hispanic (paródias de “A Message to You Rudy” do The Specials e “Time Bomb” do Rancid).

Ouça Mutiny conversando sobre o projeto no último episódio de Em defesa de Ska acima e certifique-se de curtir, revisar e seguir o série onde quer que você obtenha seu podcast. Os fãs também podem obter episódios antecipados e sem anúncios ingressando no IDOS Patreone não se esqueça de conferir todas as séries da Consequence Podcast Network.



Fuente

Leave a Comment